Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Baú musical

O tema é o amor. Na letra, na interpretação, no nosso ouvido e na escolha. São velharias ou talvez não. É um baú diversificado ou tenta ser.

O tema é o amor. Na letra, na interpretação, no nosso ouvido e na escolha. São velharias ou talvez não. É um baú diversificado ou tenta ser.

Baú musical

07
Ago17

Apita o comboio

Kalila

Este blog deixou de fazer sentido. 

Era um prazer encontrar música antiga para pôr aqui. Algo que não se ouvisse há muito tempo, que despertasse alguma recordação em alguém, que tivesse alguma coisa de especial para alguém... Mas o prazer que dava alimentá-lo perdeu-se na trabalheira em que se transformou a sua manutenção.  

Porque este blog tentou ser original mas já não é. Foi ganhando irmãozinhos e perdendo razão de ser. Porque o que publica outros publicam a seguir e muito do que tinha em rascunho não chegou a sair para não haver duplicação.

Este blog perdeu a paciência para percorrer a Blogosfera antes de publicar alguma coisa. Este blog está farto de ver uma e outra e outra publicação da mesma música! Este blog acha que a Blogosfera agradece se ficar por aqui.

Este blog vai apanhar o comboio da esperança em dias melhores. Onde, seja o que for que se publique, não se repita até à exaustão. Haja paciência, meus amigos!

Coincidências são normais, não chocam ninguém e até têm graça, imitações chateiam e ofendem a nossa inteligência. Toda a gente é livre de publicar o que entender, também este blog tem liberdade para o não fazer. 

 

Não havia comentários neste blog. Porque a música é uma questão de gosto e quem não gostasse simplesmente não ouvia. Também porque vocês são todos muito simpáticos e ainda se punham a elogiar em mim algo que é mérito dos artistas e não meu. Mas neste post vou abrir os comentários. Porque sinto que devo deixar que alguém comente se porventura o quiser fazer.

E apanhemos o comboio...

 

 

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Kalila 07.08.2017

    Não amues, linda! (O que vale é que tu amuada ainda és mais gira! )
    Não me quero repetir, disse o essencial à nossa Happy, isto estava a dar uma trabalheira colossal e sem graça nenhuma. E o meu tempo ficou agora reduzido a valores negativos, tenho que arranjar outra forma de me organizar. Irei dando notícias.
    Beijocas sem "beicinho".
  • Imagem de perfil

    Maria 08.08.2017

    Blec!
    Beijocas
  • Imagem de perfil

    Kalila 08.08.2017

    Amiga, provavelmente, eu não irei conseguir continuar por aqui, pelo menos vou ter que parar um tempo, amanhã explico melhor no outro blog. Eu sinto, e por certo tu também, que isto é desumano em termos da disponibilidade exigida. Duvido que bloggers de sucesso, com montes de subscritores, conteúdos interessantes e que não ganhem nada com o blog consigam ter vida para além dele a não ser que seja mais do que uma pessoa a cuidar do mesmo. Quem está no patamar do meio, como nós, que nem tem "imeeensos" subscritores e nem só um ou dois e tem também a sua vida normal de trabalho, família e amigos vê-se e deseja-se para conseguir chegar a todo o lado. Isto é muito giro mas exige "estômago" e tempo a rodos. Aqui o "Baú", que era uma coisa tão simples que até nem tinha comentários nem nada, começou a exigir-me tempo que eu não tinha só porque odeio ver coisas iguais em todo o lado.
    E como isto não é uma rede social mas sim um blog simplório, que não deixaram ser original durante muito tempo, tenho mais é que parar. Porque se conseguir algum tempo será para o outro, que sinto que vale a pena, e não para procurar músicas para depois serem repetidas e repetidas e repetidas até estar tudo farto! Seria talvez engraçado se eu não tivesse mais nada para fazer e o YouTube, os artistas ou até o Sapo me quisessem recompensar de alguma forma pelo trabalho. O facto de os subscritores não serem os mesmos não é um argumento válido para mim porque o normal é o leque ir sempre crescendo e nunca o contrário. E enquanto tu só seguias o "Baú" muitos dos nossos amigos sabem bem do que estou a falar.
    Por outro lado, eu acho que compete às plataformas moderar, de alguma forma, o que se vai passando por aqui. Não digo intervenção neste tipo de coisa, seria ridículo, mas arranjar meios de isto não ser tão absorvente em termos de tempo ou haver algum tipo de compensação ou incentivo para quem arranja os "clientes". Aqui no Sapo, o que se sente é precisamente o contrário, dificuldades de toda a espécie com certo tipo de publicidade que, quem estiver interessado em ter, simplesmente não consegue a não ser por "portas e travessas" e muitas e variadas outras coisas que tu também deves saber.
    Beijinhos, querida.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub